terça-feira, 30 de junho de 2009

Joan Baez e We shall overcome

Via blog do Pedro Doria:
We shall overcome


"We shall overcome foi popularizada durante os anos 1950, no movimento dos negros por seus direitos civis, nos EUA. Ela simbolizava a resistência à violência do Estado com paz. É uma letra simples, de olho no futuro:

We shall overcome, some day; Oh, deep in my heart, I do believe; We shall overcome, some day.
Nós vamos conseguir, um dia; do fundo do coração, eu acredito que conseguiremos, um dia.

Joan Baez popularizou a música mundialmente, na década de 60. Semana passada, regravou-a.

Em persa."










Joan Baez


Meus amores,

quando ouço Joan Baez sinto saudade. Saudade de mim.

Anos atrás, uma pessoinha muito, muito querida, que à época deveria ter 14, 15 anos, viu entre os meus discos de vinil, um da Joan Baez. Ela não fazia a menor idéia de quem se tratava. Olhou para mim e perguntou: "Quem é? É brasileira?" Ri muito, num misto de ternura, desespero e reverência. Pela primeira vez na minha vida, tinha diante de mim alguém que não conhecia, nunca tinha ouvido falar em Joan Baez, e a certeza de que o tempo havia passado, inapelavelmente, sem contemplação. Isto posto, mais Joan Baez (E Bob Dylan!) para todos nós:


  



Adelidia Chiarelli


Brecha em lei pode beneficiar superposseiro



JC e-mail 3793, de 29 de Junho de 2009.
Brecha em lei pode beneficiar superposseiro


Programa de regularização vai permitir que grandes ocupantes de terras da União na Amazônia dividam imóveis entre familiares. Governo diz que programa vai regularizar áreas de pequenos posseiros, mas 6,6% das posses reúnem 73% das terras da região

Marta Salomon escreve para a “Folha de SP”:

Convencido de que a floresta existe para "servir ao homem", o paulista Eucleber Vessoni ocupa 190 quilômetros quadrados de terras da União na Amazônia - 7,6 vezes o limite máximo de venda de terras públicas permitido pela Constituição. Eucleber cria gado, como a maioria dos candidatos ao programa de regularização fundiária do governo na região de Marabá, com altos índices de desmatamento e recordista em conflitos fundiários no país. Continua





Está na rede!
Via Estadão; Blog do Josias de Souza; Blog do Noblat; BBC-Brasil; UOL; Gazeta do Povo; Blog do Marcos Guterman

- Neto de Sarney também vendeu seguros para servidores do Senado
- Tião Viana diz: Agaciel oferecia dinheiro a senadores
- Virgílio liga Agaciel a Renan e Sarney: São corruptos
- Senador que "gerencia" a crise emprega lobista de convênios

- Gastança médica

- Em carta, Sarney diz que PF vai investigar empresa do neto
- Brasil terá de 'redobrar atenção' contra invasões na Amazônia, diz pesquisador
- Bird: em dez anos, Brasil não avançou em combate à corrupção

- Uma escola virtual de jornalismo






- Airbus cai nas Ilhas Comores com 153 pessoas a bordo
- Sobrevivente é encontrado após queda de Airbus no Índico


- Principais acidentes com aviões da Airbus desde 1990











Família Yared fica indignada com declarações do pai do ex-deputado



segunda-feira, 29 de junho de 2009

Mãos de Luz



Quero voltar ao tema preconceito. Visão estreita. Miopia intelectual.

Quem leu o post O 12º Planeta , viu que eu quase não li o referido livro por puro preconceito. E teria sido uma pena, uma grande pena. Um outro que quase não li por puro preconceito? Mãos de Luz.

Foi assim: fiquei sem ver uma grande amiga por anos. Na França, ela fez doutorado, pós-doutorado e ficou por lá. Um belo dia, toca o telefone. Era ela. Estava em São Paulo e queria me ver. Queria também me dar um presente. Nos encontramos, mas o presente, um livro, tinha ficado com a sogra dela. Ele só chegaria às minhas mãos quase um mês depois quando a minha amiga já estava de partida. Quando vi o título do livro, a capa... fiquei meio sem ação, e com a certeza de que jamais o abriria. Esotérica, eu? Jamais!

Porém, no mesmo dia em que ganhei o livro, resolvi pelo menos dar uma olhadinha rápida no conteúdo dele. E Pumba! Quebrei a cara mais uma vez! A autora, Barbara Ann Brennan, depois de ter feito mestrado em Física Atmosférica, na Universidade de Wisconsin, tinha sido pesquisadora da Nasa (de novo a NASA!). Aí, ela resolveu estudar a energia humana e realizar pesquisas sobre o assunto e etc. O livro, publicado pela Editora Pensamento, é muuuitooo legal. Só fiquei meio cismada com um certo capítulo, mas deixei a cisma de lado e continuei lendo. Também não sei se ainda pode ser adquirido nas livrarias. Nos sebos de São Paulo? Com toda certeza. E também na net, com download gratuito.

Gostei tanto do livro que quis saber mais sobre o assunto. Mas era só um querer. Desempregada, não tinha dinheiro para comprar livros. E, naquela época, não existia internet. Verdade. Passei a maior parte da minha vida num mundo sem internet. Até eu me assusto com isso. Voltando ao querer: resolvi procurar uma editora que trabalhasse com esse tipo de assunto. Como free-lancer, comecei a fazer trabalhos de copidesque. Aí, com extremo prazer, li muito exatamente sobre tudo aquilo que estava querendo tanto. Foi uma experiência fantástica.


Adelidia Chiarelli


Médico que atendeu Neda no Irã diz que morte não foi em vão

Via Estadão - 26.01.2009

Amigo de Paulo Coelho foge do país após aparecer em vídeo atendendo a jovem que virou ícone dos protestos

EFE


Reprodução/ Blog de Paulo Coelho
Paulo Coelho aparece com Arash Hejazi
em imagem de arquivo

LONDRES - O médico Arash Hejazi, amigo do escritor Paulo Coelho que atendeu a jovem Neda Soltan quando foi mortalmente ferida em um protesto no Irã, afirmou que sua morte não foi em vão e que enquanto agonizava a jovem pareceu perguntar a ele "Por que?". Em entrevista concedida ao jornal britânico The Times após fugir do Irã por causa da repressão, o médico iraniano relatou os detalhes do momento em que a jovem foi gravemente ferida por um tiro e como sua morte transformou a menina em mártir.
Hejazi é amigo de Paulo Coelho e editou um de seus livros no Irã. O escritor identificou o iraniano através do vídeo da morte de Neda e começou a trocar mensagens com o colega, afirmando que revelaria sua identidade para garantir sua segurança caso Hejazi não conseguisse chegar até o Reino Unido. Continua




A que ponto chegamos!!!


Permissão para abusar





Está na rede!
Via ISTOÉ; Estadão; Público; BBC-Brasil

- Os Amigos Sumiram
- Sarney partilha poder e briga para salvar cargo
- Sarney será alvo esta semana de duas representações
- Astrônomos franceses querem criar 'reserva do céu'

- A morte de Michael Jackson em 20 capas de jornais
- Não te deixarei morrer Peter Pan



domingo, 28 de junho de 2009

Dois ou três almoços, uns silêncios. Fragmentos disso que chamamos de "minha vida"

Por Caio Fernando Abreu


Há alguns dias, Deus — ou isso que chamamos assim, tão descuidadamente, de Deus —, enviou-me certo presente ambíguo: uma possibilidade de amor. Ou disso que chamamos, também com descuido e alguma pressa, de amor. E você sabe a que me refiro.

Antes que pudesse me assustar e, depois do susto, hesitar entre ir ou não ir, querer ou não querer — eu já estava lá dentro. E estar dentro daquilo era bom. Não me entenda mal — não aconteceu qualquer intimidade dessas que você certamente imagina. Na verdade, não aconteceu quase nada. Dois ou três almoços, uns silêncios. Fragmentos disso que chamamos, com aquele mesmo descuido, de "minha vida". Outros fragmentos, daquela "outra vida". De repente cruzadas ali, por puro mistério, sobre as toalhas brancas e os copos de vinho ou água, entre casquinhas de pão e cinzeiros cheios que os garçons rapidamente esvaziavam para que nos sentíssemos limpos. E nos sentíamos.

Por trás do que acontecia, eu redescobria magias sem susto algum. E de repente me sentia protegido, você sabe como: a vida toda, esses pedacinhos desconexos, se armavam de outro jeito, fazendo sentido. Nada de mal me aconteceria, tinha certeza, enquanto estivesse dentro do campo magnético daquela outra pessoa. Os olhos da outra pessoa me olhavam e me reconheciam como outra pessoa, e suavemente faziam perguntas, investigavam terrenos: ah você não come açúcar, ah você não bebe uísque, ah você é do signo de Libra. Traçando esboços, os dois. Tateando traços difusos, vagas promessas. Continua


Na pressão por mais agrotóxicos

Via O ECO - Por Aldem Bourscheit - 25.06.2009



No primeiro semestre de 2008, empresas do ramo de agrotóxicos deflagraram ações judiciais em série contra a Anvisa - Agência Nacional de Vigilância Sanitária. Elas tentavam impedir a reavaliação de quatorze substâncias usadas em quase uma centena de produtos. As companhias, todavia, perderam todas as disputas. Agora, projetos de lei, requerimentos de informações e “Propostas de Fiscalização e Controle”, espécies de mini-CPIs, são direcionadas contra órgãos de saúde pública.

Essas ações tramitam em comissões como de Agricultura, Direitos do Consumidor, Meio Ambiente e da Crise Econômico-Financeira da Agricultura, na Câmara, protocoladas por deputados como Ronaldo Caiado (DEM/GO), Abelardo Lupion (DEM/PR), Luciano Pizzato (DEM/PR) e Moacir Micheletto (PMDB/PR), além da senadora Kátia Abreu (DEM/TO).

Tais medidas levam pressão política e burocrática aos órgãos reguladores, enquanto propõem, por exemplo, que o registro de produtos equivalentes ou genéricos de agrotóxicos seja atribuição exclusiva do Ministério da Agricultura, driblando as áreas de saúde e de meio ambiente, além de ampliar e facilitar a entrada de venenos agrícolas no país. Continua


Foto: avião despeja venenos sobre lavoura. (Foto: ipm.iastate.edu)



Reunião da Comissão Internacional Baleeira termina antes do previsto

Via Greenpeace - 26.06.2009


Jubarte
São Paulo (SP), Brasil — Pontos positivos ficam por conta do incentivo ao turismo de observação de baleias

Terminou hoje, antecipadamente, a reunião da Comissão Internacional Baleeira na Ilha da Madeira, em Portugal. Mais uma vez, o objetivo de modernizar a Comissão para garantir a preservação dos cetáceos não foi atendido.

Após um ano de negociações, tudo que a CIB conseguiu foi agendar mais doze meses de conversas, até a próxima reunião em Agadir, Marrocos. Enquanto isso, centenas de baleias continuam sendo mortas pelos países que não aceitam participar da moratória à caça comercial. Continua


Foto: da página do Greenpeace




Está na rede!
Via Veja; Estadão; Carta Maior; BBC-Brasil

- HORA DE FAZER A FAXINA
- Serra amplia comunicação online
- E-mails mostram que ordem para atos secretos partia de Agaciel
- Agora ilegais no País, 40% das ONGs estrangeiras serão fechadas
- Em 2008, bancos tiveram mais ajuda que pobres em 50 anos
- Grande SP estuda adotar o toque de recolher para adolescentes
- Com ressalvas, África lamenta morte de Jackson



sábado, 27 de junho de 2009

Way of the Mantis

Caminho do louva-a-deus









Cientistas presos no MS têm liberdade provisória

Via JC-email - 26.06.2009

Americanos faziam estudos geológicos com grupo de SP

Rodrigo Vargas escreve para a “Folha de SP”:

A Justiça Federal de Mato Grosso do Sul atendeu na noite de ontem o pedido de liberdade provisória da defesa dos pesquisadores americanos Mark Andrew Tress, Kellu Michael Wendt e Michael Matthew McGlue, presos na semana passada quando extraíam sedimentos em lagoas no Pantanal.

Os três estavam havia nove dias na carceragem da Polícia Federal em Corumbá (440 km de Campo Grande). Após o pagamento de fiança - estipulada em R$ 5.000 para cada um -, eles deixaram o local por volta das 21h (horário de Brasília). Continua

Leia mais sobre o assunto aqui, aqui e aqui




Está na rede!
Via Jornal da Ciência; Época; Folha Online; Estadão

- As cotas racistas, artigo de Rodrigo Constantino
- Melhores machos têm menos filhos
- Senado descobre bunker secreto de Agaciel
- Empresa inglesa envia lote de lixo tóxico para o Brasil
- Movimento 'Fora Sarney' está no Twitter



Paz! Peace!



sexta-feira, 26 de junho de 2009

Amazônia entregue de bandeja

Via O ECO - 26.06.2009


Supostos posseiros se cadastram em Porto Velho (RO).
(Foto: Eduardo Aigner)


Contrariando os alertas de pesquisadores e ambientalistas, Lula deu um canetaço antiambiental e sancionou ontem a Medida Provisória 458/2009, batizada de MP da Grilagem por quem vê no texto uma porteira aberta à ocupação ilegal de terras na Amazônia.

O único veto incidiu sobre o artigo que permitia a transferência fácil de áreas públicas para pessoas jurídicas e “prepostos”, aqueles que aproveitam terras em nome de terceiros. A legislação sancionada pode ser conferida aqui.

A medida também permite a venda facilitada de lotes com até 1.500 hectares, prazos para pagamentos de até vinte anos, com possibilidade de venda dos lotes após três anos. Uma festa. Carlos Minc aprovou. Continua




Mesmo com vetos de Lula, MP 458 favorece a grilagem - alertam especialistas - 26/06/2009

Local: São Paulo - SP
Fonte: Amazonia.org.br
Link: http://www.amazonia.org.br



Fabíola Munhoz
Thais Iervolino

Ainda que o presidente Luiz Inácio Lula da Silva tenha vetado ontem (25) dois pontos da Medida Provisória (MP) 458, que prevê a regularização fundiária na Amazônia, ambientalistas continuam preocupados com o risco de que a nova norma promova a grilagem na região.

"Essa MP tem vários instrumentos que são inadequados. Ela incentiva esse modelo fundiário que sempre aconteceu no Brasil: as pessoas vêm e ocupam de qualquer forma e depois se cria uma medida governamental para regularizar isso", explica Paulo Barreto, pesquisador do Instituto do Homem e Meio Ambiente da Amazônia (Imazon). Continua




Do site do Greenpeace:


"A criação do Ministério com total "exclusividade no tratamento de recursos pesqueiros", tende a apresentar uma posição do governo voltada à produção e exploração dos recursos pesqueiros sem pensar na sustentabilidade e conservação das espécies. Além disso, enfraquece o Ministério do Meio Ambiente, retirando de suas mãos as atribuições nas áreas de recursos hídricos, estoques pesqueiros e de águas marinhas. Dessa forma, reúne ao mesmo tempo, no novo órgão, o incentivo e a fiscalização do setor pesqueiro." Leia a matéria completa clicando no texto.



Música paleolítica

Via Agência Fapesp - Divulgação Científica - 25.06.2009



Agência FAPESP – Os primeiros homens modernos já se divertiam ao som de música tocada com instrumentos. Estudo publicado na edição desta quinta-feira (25/6) da revista Nature descreve flautas com mais de 35 mil anos, encontradas em cavernas na Alemanha.

Os autores da pesquisa, da Universidade de Tübingen, analisaram um exemplar quase completo, feito de osso de ave, além de fragmentos de três flautas de marfim.

Tradições musicais do neandertal e instrumentos musicais do Paleolítico médio haviam sido sugeridos em estudos anteriores, mas faltava evidência concreta. A nova descoberta, feita por Nicholas Conard e colegas, demonstra que os primeiros humanos modernos na Europa, entre 35 mil e 40 mil anos atrás, já contavam com uma tradição musical bem estabelecida.

As flautas foram encontradas em um sítio arqueológico que contém artefatos simbólicos complexos, os quais apontam que os primeiros representantes do homem moderno no continente eram também culturalmente modernos. Continua







Está na rede!
Via FolhaOnline; Blog do Reinaldo Azevedo; Correio Brazilense; Estadão; O Globo; IG; El País; Estadão; Portal Terra

- Uma reflexão
- AS PARCAS

- Lula diz que pode vetar tudo que estiver fora do texto original da MP da Amazônia
- Alô, pode falar... O Senado paga
- 3º secretário diz que pedirá desocupação de imóvel ocupado por funcionária de Sarney
- PF busca indício de crime no caso do neto de Sarney
- Nova diretora de Recursos Humanos entrou no Senado em trem de alegria
- Família Sarney emprega mais nove aliados
- Lula sanciona com dois vetos e MP da Amazônia começa a valer





- La policía expulsa de su casa a la familia de Neda








- FAB e Marinha encerram buscas por vítimas do AF 447




quinta-feira, 25 de junho de 2009

Michael Jackson Is Dead

Via The New York Times - 25.06.2009



Rusty Kennedy/Associated Press
Michael Jackson performed during the Super Bowl XXVII
halftime show in 1993 in Pasadena, Calif.





Veja matéria aqui





Estarrecedor!!!!



"Nas escolas onde as agressões se multiplicam,
as notas despencam"



Bom Dia Brasil - 25.06.2009



Trecho da matéria:
“Infelizmente, em alguns casos, a violência externa permeia os muros da escola. Tudo que permeia a sociedade acaba invadindo a escola. A escola é um reflexo da sociedade”, comenta o secretário adjunto da educação do estado de São Paulo Guilherme Bueno de Camargo.


***


Perguntinhas básicas:
Será? Será mesmo que a a escola é um reflexo da sociedade?
Ou a sociedade é um reflexo da escola?



Gripe suína no Brasil



Os casos confirmados continuam subindo


Jornal da Globo - 25.06.2009



"A falta de informação sobre a doença é outra preocupação. Na rodoviária do Rio, os passageiros não recebem orientações, nem preenchem formulários. Cinco linhas partem e chegam de quatro paises da América do Sul. "Não tem nenhuma orientação", diz uma passageira.

Também faltaram formulários para relatar o estado de saúde dos passageiros que desembarcaram no Aeroporto Internacional de São Paulo, em Guarulhos, vindos de Buenos Aires. "Não preenchi o formulário e quando a gente desceu ninguém perguntou nada", afirmou uma passageira." (Trecho da matéria acima)




Escassez e excesso

Via Agência Fapesp - Divulgação Científica - 19.06.2009


Agência FAPESP – As áreas utilizadas para cultivo agrícola em todo o mundo contêm fertilizantes demais – ou de menos. E os dois extremos implicam elevados custos tanto para o ambiente como para o próprio homem.

Os fertilizantes sintéticos aumentaram enormemente a produção de alimentos, mas o custo da poluição gerada pelo uso desenfreado tem sido cada vez maior – como a criação de zonas mortas, impraticáveis para o cultivo, em áreas costeiras no Golfo do México e em outros locais. De outro lado, muitas áreas precisam de um uso mais intensivo desses reforços químicos, para repor os nutrientes perdidos por conta da agricultura.

A situação paradoxal é destaque em um artigo publicado na edição desta sexta-feira (19/6) da revista Science, escrito por um grupo internacional de pesquisadores, entre eles o professor Luiz Antonio Martinelli, do Centro de Energia Nuclear na Agricultura da Universidade de São Paulo, um dos coordenadores da área de biologia da FAPESP.

Os pesquisadores analisaram o cultivo de milho em três diferentes países e contextos: Quênia, China e Estados Unidos. Nas pequenas plantações no país africano, solos antes férteis estão se empobrecendo à medida que os cultivos removem mais nutrientes do que os adicionados pelos esforços de fertilização. Continua




Está na rede!
Via Estadão; Jornal da Globo; O Globo; El País; BBC-Brasil; Blog da Amazônia; UOL; Portal Terra

- Neto de Sarney opera no Senado crédito consignado, que é alvo da PF
- ''Não teve facilidades'', garante neto de Sarney
- Brasileiras caem em golpe de agente de viagens
- Dono de agência de viagens vai reembolsar brasileiras enganadas
- Medo da pista de Congonhas fez piloto da TAM errar pouso
- Procuradores do MPF apontam 9 pontos inconstitucionais na “MP da Grilagem”
- Sarney filho diz que existe "operação política" para desestabilizar o pai
- Michael Jackson sofre parada cardíaca e morre em Los Angeles, diz site
- Site americano diz que Michael Jackson morreu (Transmissão ao vivo de LA sobre o acontecimento)





- Site de Mousavi: 70 professores detidos no Irã
- Musaví denuncia que el régimen retiene sus movimientos
- Mais de cem parlamentares teriam ignorado convite para festa de Ahmadinejad




quarta-feira, 24 de junho de 2009

Itamar Assumpção forever e pra sempre!

Itamar e a Banda Isca de Polícia (1983)





Pate II   Pate III   Pate IV   Parte V




Confira:

Itamar: isso ainda dá repercussão





Grandes, mas não tanto

Via Agência Fapesp - Divulgação Científica - 22.06.2009


Agência FAPESP - Os dinossauros eram gigantescos em comparação com os tamanhos dos animais atuais. Mas, segundo um novo estudo, os maiores animais que já andaram sobre a superfície terrestre podem não ter sido tão grandes como se imaginava.

Em artigo publicado neste domingo (21/6) no Journal of Zoology, da Sociedade Zoológica de Londres, um grupo de pesquisadores afirma que o modelo estatístico usado para o cálculo do peso dos dinossauros é falho, o que pode ter levado pesquisadores a superestimar o tamanhos dos extintos répteis.

“Os paleontólogos usam um modelo estatístico publicado há mais de 25 anos que estima o peso dos dinossauros gigantes e de outros animais grandes de linhagens extintas. Mas, ao reexaminar dados da amostra original, que serviu de referência para a produção do modelo, verificamos que ele estava seriamente errado”, disse Gary Packard, da Universidade do Estado do Colorado, nos Estados Unidos. Continua




STJ diz que não é crime pagar por sexo
com menores de idade
e revolta juízes e promotores

(O Globo)





Está na rede!
Via Estadão; BBC-Brasil; Portal Terra; Folha Online; El País; El Mundo; Público

- Roger Abdelmassih é indiciado por estupro e atentado ao pudor
- Estou com Lula: José Sarney não é uma pessoa comum
- Passageiros abandonam avião após piloto pedir que servissem de contrapeso
- Senador denuncia existência de contas paralelas no Senado
- Senador aponta contas paralelas e Sarney abre nova sindicância
- Heráclito diz que contas paralelas do Senado são legítimas e suspende sindicância



- Las que más tienen que perder
- Bani Sadr: 'El grito que más se escucha en Irán es el de ¡abajo Jamenei!'
- Un espectacular despliegue policial impide la protesta convocada por Musaví
- Violência voltou às ruas de Teerão

- Neda, o rosto que chama a revolta







terça-feira, 23 de junho de 2009

Milho transgênico está fora de controle. E nós cansamos de avisar...

Via Greenpeace - 19.06.2009



20 de Setembro de 2002
Apesar das muitas dúvidas - e algumas certezas - contra o milho transgênico, a maioria dos ministros do Conselho Nacional de Biossegurança autorizou o plantio e comercialização no país de variedades geneticamente modificadas da Monsanto e Bayer.



São Paulo (SP), Brasil — Carta aberta assinada por 86 entidades da sociedade civil é enviada à Casa Civil pedindo a suspensão do plantio em todo o país.

O governo brasileiro não tem cumprido a promessa de controlar os transgênicos no Brasil, principalmente o milho, e por isso o seu plantio deve ser suspenso. Esse é o teor da carta aberta assinada por 86 organizações civis de todo o país, entre elas o Greenpeace, e enviada ao Ministério da Casa Civil. As entidades querem ainda a paralisação de todos os processos de licenciamento de variedades de milho transgênico em andamento na Comissão Técnica Nacional de Biossegurança (CTNBio). Continua


As mulheres antes e depois de Maio de 68




Café Filosófico,
com Maria Lygia Quartim




Maria Lygia Quartim
Clique na foto para assistir à palestra




Maria Lygia Quartim é socióloga
e professora da UNICAMP.



Câncer e outras doenças ambientais

Via O ECO - Por Sônia Corina Hess* - 22.06.2009

Os fatores de risco para o câncer ganham especial relevância no Brasil neste momento, em que a ministra Dilma Roussef e o vice-presidente José Alencar enfrentam esta doença que, em 2008 resultou em, pelo menos, 546.009 internações hospitalares custeadas pelo Sistema Único de Saúde. Além disso, entre 2002 e 2006, as neoplasias figuraram entre as cinco principais causas dos óbitos ocorridos no país, sendo a maior causa de morte das mulheres falecidas com idades entre 30 e 49 anos, e a segunda causa de óbito das pessoas com mais de 50 anos de idade. Naquele mesmo período, as maiores proporções dos óbitos por neoplasias foram registradas no RS, SC, PR, SP e DF.

No meio científico, tem sido crescente o número de estudos evidenciando que a contaminação ambiental por produtos químicos perigosos tem resultado no desencadeamento de doenças graves, como o câncer. Continua


* Engenheira Química e pós-doutora em Química, professora e pesquisadora da Universidade Federal de Mato Grosso do Sul, assessora do Ministério Público do Trabalho e dos ministérios públicos Federal e Estadual de Mato Grosso do Sul em processos envolvendo questões ambientais com repercussões na saúde pública.



Bom dia Brasil - 23.06.2009


Vídeo 1:
Surgem novas denúncias contra José Sarney

Vídeo 2:
Crise não é do Senado, é dos homens do Senado



 




Está na rede!
Via Estadão; BBC-Brasil; Blog do Noblat; Blog do Altino Machado; Portal Terra; El mundo

- Atos secretos envolveram 37 senadores dos principais partidos
- Gabeira usou verba oficial em empresa da namorada
- Muio além do mensalão
- Os gritos dos povos da floresta


- Conselho dos Guardiões descarta anulação de eleições no Irã
- Irã proibiu funeral aberto para jovem morta durante protesto
- Detienen en Irán a un periodista del diario 'The Washington Times'





segunda-feira, 22 de junho de 2009

Blogs fazem pessoas escreverem pior, diz José Saramago

Via G1 - 21.06.09


'Cuido tanto do texto de um blog como
de uma página de romance', diz Saramago (Foto: AFP)



O escritor português José Saramago, que está prestes a publicar um livro com os artigos que escreveu em seu blog, diz acreditar que com o crescimento desse tipo de espaço na internet "está se escrevendo mais, embora pior".

"A prática do blog levou muitas pessoas que antes pouco ou nada escreviam a escrever. Pena que muitas delas pensem que não vale a pena se preocupar com a qualidade do que se escreve", disse Saramago em entrevista publicada hoje pelo jornal argentino "Clarín".

O escritor português reuniu os artigos publicados durante os seis primeiros meses de sua atividade como blogueiro em "Caderno de Saramago", um livro vetado na Itália por Silvio Berlusconi e que reflete o espírito crítico de seu autor. Continua




Turbulência em Airbus
leva pânico a passageiros


Bom dia Brasil - 22.06.2009




Está na rede!
Via BBC-Brasil; Estadão; G1; Diário de Pernambuco; Folha Online; Público; El País

- Turbulência atinge Airbus australiano e deixa 7 feridos
- Atos favoreceram mais senadores
- Entenda os escândalos que atingem o Senado desde 2007




- Início do inverno com aumento de casos de gripe suína é desafio para autoridades




- Conselho de Guardiães admite irregularidades na eleição do Irã
- Mousavi insta apoiantes a prosseguirem protestos contra a reeleição de Ahmadinejad
- Un informe demuestra el fraude
- Cético, cineasta ironiza e despreza drama político




Neda Agha-Soltani








domingo, 21 de junho de 2009

Según un nuevo estudio, el ser humano es más orangután que chimpancé

Via El Mundo - 19.06.2009: Europa Press | Madrid



Un cuidador juega con una cría macho de orangután
en el zoo de Songkhla (Tailandia). | Efe


Los seres humanos comparten un ancestro común con los orangutanes, en vez de con los chimpancés, como se pensaba hasta ahora, de acuerdo a la investigación de la Universidad de Pittsburgh y el Museo de la Ciencia de Buffalo.

Según los informes presentados en la revista 'Biogeography', los investigadores señalan como "problemática" la creencia, basada en el análisis del ADN, de que los seres humanos son los más estrechamente relacionados con los chimpancés, que no se mantiene con pruebas fósiles. Continua



A tradição dos escândalos

Via Blog do Noblat - Por Ruy Fabiano - 20.06.2009


A sucessão de escândalos que pipocam na Câmara e no Senado – sobretudo neste – não configuram exceção na cultura do serviço público brasileiro. Antes, são regra. Remontam à formação colonial do país, período em que, entre cidadania e Corte, havia, mais que um oceano físico, um mar de interesses conflitivos.

Não é casual que o herói máximo da história do Brasil, Tiradentes, tenha protagonizado um conflito tributário.

Daí a dicotomia entre sociedade e Estado, ainda hoje presente, que resulta numa relação anômala, em que aquela não se vê representada naquele. Ao contrário, o cidadão brasileiro vê o Estado como oponente, e sente-se legitimado em espoliá-lo (pois assim se vê em relação a ele, não importa o governo). Continua



Em Barcelona, chineses ficam sem rumo após serem "libertados" de trabalho ilegal

Via UOL - 20.06.2009: El País - Jesús García - Em Barcelona (Espanha)


O que nasceu como uma operação policial contra a máfia chinesa se transformou três dias depois em um conflito social e econômico. E dos grandes. Os Mossos d'Esquadra (polícia autônoma catalã) vasculharam 72 oficinas de confecção e "libertaram" 450 trabalhadores chineses de condições de trabalho asfixiantes. Os operários, alguns sem papéis, veem a coisa de outro modo. Não se sentem vítimas de exploração trabalhista. Acreditam sobretudo que lhes fizeram uma trapaça: agora estão sem salário, sem o que fazer e perambulando ociosos pelas ruas de Mataró (Barcelona), cenário da batida. Continua



Bom dia Brasil - 19.06.2009


Vídeo 1:
Aprovada lei que obriga descanso
a caminhoneiros a cada 4 horas

Vídeo 2:
Parada para aumentar a certeza de chegar



 



Veja também:

Uma ano de lei seca
Álcool, direção e impunidade: até quando?




Está na rede!
Via UOL; Veja; uai; Portal Terra; La Vanguardia; El País

- Monitor de escândalos
- Por Sarney, Lula até desafia Constituição
- Senado torrou R$ 1,5 bi só em gratificações

- TV iraniana confirma 13 mortos em confrontos de sábado
- Los disturbios del sábado en Teherán dejan 13 muertos
- Ahmadineyad exige a EE UU y al Reino Unido que dejen de interferir en Irán
- Manifestações pelo Twitter (Irã)
- El poder de las redes sociales
- "Neda, no has muerto en vano"



sábado, 20 de junho de 2009

Reserva indígena no Pará sofre com devastação desenfreada




Jornal da Globo - 19.06.09


Perguntinhas básicas:

Como podem ser tratados, então? De mocinhos?






Lula defende pagar aos proprietários
de terras para preservar áreas

(Matéria do O Globo)


"Se um cidadão tem um sítio e eu quero evitar que a vaca faça cocô ou xixi naquela "aguinha" que ele tem, se eu quero evitar que os porcos vão lá, o que eu tenho que fazer? Pagar para que ele possa colocar a vaquinha em outro lugar, para que ele [possa] colocar o porco em outro lugar, mas ele tem que receber. Ele tem que receber pelo benefício que ele está fazendo para a comunidade." Veja a matéria completa aqui.






"Não há nenhum estatuto para os refugiados climáticos", diz especialista em migrações

Via UOL - 19.06.2009: Le Monde - Entrevista concedida a Laetitia van Eeckhout


Em 10 de junho, o Instituto para o Meio Ambiente e Segurança Humana da Universidade das Nações Unidas publicou um relatório, realizado pela ONG Care e pelo Centro para a Rede Internacional de Informação em Ciências da Terra (CIESIN) da Universidade de Columbia, que destacava o crescimento do fluxo migratório devido à mudança climática. Até 2050, essas migrações deverão dizer respeito a 200 milhões de pessoas.

Docente e pesquisador no Instituto do Desenvolvimento Sustentável e das Relações Internacionais (Sciences Po Paris), e autor de uma tese recente ("Mudanças ambientais e fluxos migratórios"), François Gemenne destaca a necessidade de definir um estatuto jurídico para os refugiados ambientais e de reforçar a proteção das pessoas deslocadas dentro de seus países. Continua

***


20 de junho: Dia Mundial do Refugiado





Ya hay 1.020 millones de hambrientos en el mundo

Via El País - Por MIGUEL MORA - Roma - 19/06/2009

La FAO advierte de que la crisis global ha reducido el acceso de los pobres a los alimentos

El hambre en el mundo alcanzará un récord histórico este año. 1.020 millones de personas pasan ya hambre a diario, según los últimos datos publicados por la Organización de Naciones Unidas para la Agricultura y la Alimentación (FAO) en Roma. El incremento es consecuencia de la crisis económica mundial, que provoca una disminución de los ingresos y un incremento del paro. De este modo, se ha reducido el acceso de los pobres a los alimentos, señala la FAO. Continua


Imigrantes a caminho dos EUA são vítimas de tortura na passagem pelo México, diz relatório

Via UOL - 19.06.2009: El País - Por Pablo Ordaz - Na Cidade do México (México)

A primeira parte do relatório surpreende. A segunda deixa os cabelos em pé. Porque as primeiras páginas da investigação realizada pela Comissão Nacional de Direitos Humanos (CNDH) do México demonstram que entre setembro de 2008 e fevereiro de 2009 quase 10 mil imigrantes centro-americanos que tentavam chegar aos EUA foram sequestrados e tratados com extrema crueldade em sua passagem pelo território mexicano.

Mas nas últimas 23 páginas são as próprias vítimas que relatam o calvário que sofreram nas mãos de seus captores. Diz uma jovem salvadorenha: "Enquanto não chegou o resgate, me violentaram. Mas minha amiga não tinha familiares para pagar por sua liberdade. Por isso lhe deram dois tiros na cabeça e a deixaram sangrando durante três horas na minha frente... para me intimidar". Continua



Está na rede!
Via Estadão; OAB; JC-email; Blog do Noblat; Folha Online; Blog do Luiz Zanin; El País; Portal Terra

- Mordomo da casa de Roseana Sarney é pago pelo Senado
- Escândalos no Senado: OAB critica em nota pública presidente Lula e Sarney
- Colégio de Presidentes da OAB lamenta decisão do Supremo contra jornalistas
- PF prende pesquisadores por coleta em lagoa do Pantanal
- O inquietante aviso das águas, artigo de Washington Novaes
- Roseana nega ter mordomo e diz que funcionário é do Senado





- Servidora do gabinete da senadora Serys Slhessarenko (PT-MT) mora no EUA
- Senadora dispensa servidora que mora nos EUA



- Reconstituição de acidente com ex-deputado será na segunda-feira



- Suplicy pede anulação de ato secreto que assinou
- Jornalista sem diploma
- Diplomas

- Cientos de personas desafían la presión policial y protestan en las calles de Teherán
- "¡Hasta la libertad amigo!"
- Manifestações pelo Twitter (Irã)



sexta-feira, 19 de junho de 2009

Graciela Iturbide (retrospectiva)





El baño de Frida, Coyoacán, México, 2006



Exposição online


Via El Pais:
Las fotografías aladas de Iturbide



Escola é dominada por preconceitos, revela pesquisa

Via JC-email - 18.06.2009

Onde há mais hostilidade, desempenho em avaliação é pior; deficientes e negros são principais vítimas

O preconceito e a discriminação estão fortemente presentes entre estudantes, pais, professores, diretores e funcionários das escolas brasileiras. As que mais sofrem com esse tipo de manifestação são as pessoas com deficiência, principalmente mental, seguidas de negros e pardos. Além disso, pela primeira vez, foi comprovada uma correlação entre atitudes preconceituosas e o desempenho na Prova Brasil, mostrando que as notas são mais baixas onde há maior hostilidade ao corpo docente da escola.

Esses dados fazem parte de um estudo inédito realizado em 501 escolas com 18.599 estudantes, pais e mães, professores e funcionários da rede pública de todos os Estados do País. A principal conclusão foi de que 99,3% dos entrevistados têm algum tipo de preconceito e que mais de 80% gostariam de manter algum nível de distanciamento social de portadores de necessidades especiais, homossexuais, pobres e negros. Do total, 96,5% têm preconceito em relação a pessoas com deficiência e 94,2% na questão racial. Continua




Comissão de menores proíbe
criança de 11 anos de actuar em tourada
(Portugal)


Michelito Lagravére, cabeça-de-cartaz no Campo Pequeno


Veja a matéria do Público aqui.




Está na rede!
Via Blog do Altino Machado; Blog do Tutty Vasques; Estadão; Folha Online; O Globo; Gazeta do Povo; El mundo; UOL; G1

- VIÚVAS E VIÚVOS DO DIPLOMA*
- Atenção coleguinhas
- Senado empregou cunhada de Sarney
- Atos ''top secret'' nem saíam da gaveta do diretor
- Senado escondeu atos secretos de propósito, afirma funcionário
- Comissões especiais do Senado viram uma indústria de gratificações
- Deputados federais e ministro estão na lista de motoristas com CNH suspensa
- Exigência de diploma para outras profissões pode ser revista pelo STF

- Francia relanza el debate del burka y su posible prohibición
- Líder supremo do Irã exige fim dos protestos
- Associação francesa de vítimas do acidente com o voo 447 quer contato com brasileiros




- Relevo submarino da região de buscas pelos destroços do voo 447






*Caso você esteja encontrando problema para entrar na página indicada, o artigo do Altino Machado também pode ser lido aqui.



quinta-feira, 18 de junho de 2009

STF acaba com a obrigatoriedade do diploma para jornalistas



"A partir desta quarta-feira o diploma universitário de jornalista não é mais obrigatório para o exercício da profissão. A decisão foi tomada pelo Supremo Tribunal Federal." (Do Jornal da Globo)


Jornal da Globo - 17.06.2009






Via UOL - Por Gérard Feldzer -16.06.2009

Catástrofe do Airbus Rio-Paris impõe o reforço da segurança aérea

"Esse acidente nos remete a uma maior apreensão dos caprichos da natureza, que se tornam cada vez mais violentos. Como se ela dissesse a nós, humanos: "Aja comigo, nunca contra mim, vocês não serão os mais fortes..." Mesmo que nada permita associar o desaparecimento do Airbus ao aquecimento climático, como evitar pensar nisso? Enquanto ninguém mais contesta entre a comunidade científica que a temperatura da água dos oceanos tende a subir, e junto com ela a evaporação e a condensação do vapor de água, fontes de energia e forças motrizes dessas temíveis perturbações.

É claro, a Zona de Convergência Intertropical tão bem descrita por Mermoz sempre existiu. Ela sempre teve suas massas de nuvens semeadas de cumulonimbus gigantescas. Em 35 anos de travessias oceânicas como piloto, e depois como comandante de bordo, lembro-me que chegávamos a sobrevoá-las a maior parte do tempo, ao passo que hoje, por terem se tornado muito elevadas, nem sempre temos outra escolha a não ser atravessá-las."

"Mas devemos estar cientes de que os maiores riscos para a humanidade vão se dar nos anos a seguir. Em dezembro, durante a conferência mundial sobre o clima, em Copenhague, temos um compromisso com a história, a nossa. Entender a natureza, respeitá-la, nos munirmos de melhores ferramentas de observação e prevenção, isso é o que necessita de uma conscientização e de uma vontade política inflexível de nossos dirigentes."

Trechos do texto: Catástrofe do Airbus Rio-Paris impõe o reforço da segurança aérea
Veja o texto completo aqui.



Morre rapaz agredido depois da Parada Gay




"Em São Paulo, a polícia investiga a morte de um homem que sofreu traumatismo craniano, depois de ter sido espancado no encerramento da Parada Gay." (Do Jornal da Globo)



Jornal da Globo - 17.06.2009




EUA sob ameaça de água e fogo

Via JC-email - 17.06.2009

Casa Branca divulga impacto de aquecimento no país para pressionar Congresso

Gilberto Scofield Jr. escreve para “O Globo”:

Às vésperas de o Congresso dos EUA votar o primeiro projeto de lei nacional que estabelece limites para emissões de gases do efeito estufa e cria um mercado de créditos de carbono (previsto para a próxima semana), a Casa Branca divulgou ontem um relatório em que afirma que o país já sofre os efeitos do aquecimento global com impactos reais nas mais diversas áreas.

Além disso, os cenários projetados pelos cientistas de agências ambientais americanas para este século no país são ainda mais catastróficos e lembram filmes de Hollywood: Nova York e Los Angeles parcialmente submersas com a elevação dos oceanos; temperaturas 4 graus Celsius acima da média destruindo pântanos e a agricultura da Flórida; os Grandes Lagos mais vazios; Chicago quentíssima; e tanto os vinhedos da Califórnia quantos os ursos polares do Alasca extintos. Continua



Está na rede!
Via Observatório da Imprensa; Estadão; Folha Online; UOL; BBC-Brasil; Público

- Colunista da Folha em apuros
- Em sigilo, Senado demitiu irmão do seu presidente
- Atos secretos no Senado chegam ao total de 650
- Senado abre brecha para criação de 7.000 vagas de vereadores; suplentes comemoram



- O deputado estadual Leonardo Moreira (DEM-MG), filho de Edmar Moreira (sem partido-MG), insulta relator Nazareno Fonteles (PT-PI)

"Fui chamado de veado"





- Oposição no Irã convoca dia de luto por mortos em protestos
- Vídeo mostra confrontos entre milícia islâmica e manifestantes pró-Mousavi
- Manifestantes da USP, da Unesp e da Unicamp planejam passeata na Paulista



quarta-feira, 17 de junho de 2009

UM ANO DE LEI SECA




É desfaçatez! É arrogância!
É impunidade!


"Um ano depois da Lei Seca, nossas equipes voltam às ruas para mostrar o que mudou no Brasil depois que dirigir alcoolizado passou a ser considerado crime sujeito à prisão. Thaís Itaqui e Thiago Jock voltam a Campo Grande, a capital com trânsito mais violento do país. Gabriela Lian e Felipe Suhre percorrem bairros boêmios de São Paulo e do Rio de Janeiro e mostram que o medo dos bafômetros e da polícia já não intimida os freqüentadores dos bares. Mariane Salerno e Caroline Kleinubing contam as histórias de duas famílias marcadas por uma tragédia. O ex-deputado Fernando Carli Filho, bêbado e em alta velocidade, matou dois jovens num acidente de trânsito em Curitiba. Em São Paulo, Caco Barcellos tenta uma entrevista exclusiva com Carli Filho, denunciado por homicídio doloso." (Texto retirado do site do Profissão Repórter)



Profissão Repórter - 16.06.2009
UM ANO DE LEI SECA - Caco Barcellos - Profissão Repórter

Clique na imagem para ver a matéria

***

Veja também:

Álcool, direção e impunidade: até quando?


Por favor, divulgue este post!



Supermercados boicotam produtores de carne que devastam a Amazônia




Jornal da Globo - 16.06.2009




Diferentemente do Banco Mundial, BNDES não pode pedir devolução de dinheiro aos frigoríficos e será responsabilizado na Justiça - 16/06/2009

Local: São Paulo - SP
Fonte: Amazonia.org.br
Link: http://www.amazonia.org.br


São Paulo, 16 de junho de 2009 - Após a confirmação da notícia - divulgada por Amigos da Terra na semana passada - sobre a rescisão do contrato entre Banco Mundial e Bertin, o BNDES deverá responder solidariamente com os frigoríficos pelos danos apontados em diversas ações do Ministério Público Federal. Apenas no estado do Pará, o MPF já demandou uma indenização de R$ 2,1 bilhões aos frigoríficos.

A OSCIP Amigos da Terra - Amazônia Brasileira anunciou hoje uma série de iniciativas legais para garantir a inclusão de financiadores e acionistas - com destaque para o BNDES - no pólo passivo das ações que tramitam na Justiça Federal. Tais iniciativas serão formalizadas de acordo com o andamento de cada processo, na medida em que se definirem os foros de competência de cada ação, ainda objeto de questionamento entre diversas varas federais. Já amanhã será protocolado em Belém o primeiro ofício. A entidade dará assim prosseguimento à parceria com o MPF, que levou a formular as demandas deste último, entrando em forma de litisconsórcio para estender a responsabilização pelos danos aos bancos. Continua



Está na rede!
Via Estadão; Folha Online; Gazeta do Povo; El País

- Parente de genro de Sarney na Espanha recebe do Senado
- Por ato secreto, assessor de Renan disputou eleição sem ter deixado cargo
- Brasil é o país é o que mais desperdiça aula com bronca
- Xixi no banho é criticado por ambientalistas

- Los Guardianes de la Revolución amenazan a la prensa y a los 'blogueros' con "acciones legales"
- Irã reduz banda larga para evitar envio de imagens ao exterior




terça-feira, 16 de junho de 2009

Masquerade

Por Aziz K.






Periódico científico aceita publicar trabalho forjado

Via JC-email - 15.06.2009

Editor pede demissão após denúncia, feita pela revista americana “The Scientist”. Autores inventaram nomes e instituição e geraram seu "estudo" num programa de computador que compõe artigos de forma aleatória

O editor-chefe do periódico científico de acesso aberto "The Open Information Science Journal", Bambang Parmanto, pediu demissão anteontem, depois que foi revelado que sua revista aceitou publicar um artigo científico sem sentido, gerado por computador por dois pesquisadores brincalhões. A denúncia foi feita na quarta-feira pela revista norte-americana "The Scientist".

O periódico teria informado aos dois "autores" que seu manuscrito já havia passado por "peer-review" (revisão pelos pares), processo pelo qual artigos científicos são avaliados por pareceristas independentes -justamente para evitar erros ou fraudes. Em seguida, teria cobrado deles US$ 800 de taxa de publicação. Continua



Está na rede!
Via JC-email; Blog do Noblat; BBC-Brasil; El Mundo

- O custo da publicação de um artigo científico, artigo de Wanderley de Souza
- Greve na USP: Curso para professor virou um alvo
- Com a palavra, a universidade, artigo de Gabriel Cohn
- Sarney diz que não errou e que não deixa presidência
- Quem julgará o Senado?
- Jobim diz que acidente com voo AF 447 não abala confiança do Brasil em tecnologia da França

- El Atlántico almacena 54 gigatoneladas de CO2


segunda-feira, 15 de junho de 2009

Galileu Galilei



"A ignorância e o medo,
os piores inimigos da verdade,
haviam vencido."
(Do documentário abaixo)


Parte I
Parte II  Parte III





Copenhague - sonhos e realidades

Via Estadão - Por José Goldemberg - 15.06.2009

Copenhague, a capital da Dinamarca, próspero país no norte da Europa, vai sediar no fim deste ano a 15ª reunião dos países signatários da Convenção do Clima, adotada no Rio de Janeiro em 1992 (Rio-92), na qual os governos dos países participantes (mais de 180) se comprometeram a reduzir as emissões de gases responsáveis pelo aquecimento global.

Afora a retórica, contudo, nenhum país assumiu em 1992 compromissos concretos de reduzir tais emissões, o que só foi feito cinco anos depois, em 1997, no Japão, onde foi adotado o Protocolo de Kyoto. Foi nessa ocasião que as esperanças e os sonhos gerados em 1992 começaram a se chocar com a realidade. Os países industrializados aceitaram reduzir modestamente suas emissões nos 15 anos seguintes (até 2012), mas os demais (incluindo China, Índia e Brasil) não aceitaram nenhuma limitação, usando argumentos de natureza política. Continua




El descubridor del cambio climático
reclama capturar el CO2 de la atmósfera


Wallace Broecker, el descubridor del cambio climático reclama capturar el CO2 de la atmósfera
El investigador de la Universidad de Columbia,
Wallace Broecker.(Foto: Fundación BBVA)


Clique na imagem para ler
a matéria do EL Mundo





El microbio "extraterrestre"


Hallan un diminuto microbio bajo tres kilómetros de hielo
Imagen de una colonia de la bacteria diminuta
Herminiimonas glaciei. | Society for General Microbiology


Clique na imagem para ler
a matéria do EL Mundo



Está na rede!
Via Estadão; Blog do Noblat; El Mundo; El País

- Lobão critica ambientalistas e 'exagero' de autoridades
- Ato secreto garante emprego no Senado a filha de aliado de Sarney
- Mais uma sobrinha de Sarney tem vaga criada por ato
- Sai, Sarney!
- La OIT: El mundo no puede esperar varios años para que se cree empleo




- Novartis no dará gratis a los países pobres la vacuna de la nueva gripe





domingo, 14 de junho de 2009

O novo patamar da mundialização: a noosfera

Via Carta Maior - Por Leonardo Boff - 09.06.2009


DEBATE ABERTO
O novo patamar da mundialização: a noosfera

A história avança através de tentativas, acertos e erros. Estamos assistindo à fase nascente da noosfera, que não consegue ainda ganhar a hegemonia por causa da força de um tipo de globalização excludente e pouco cooperativa, agora fragilizada por causa da crise sistêmica.

Leonardo Boff

A atual crise econômica está colocando a humanidade diante de uma terrível bifurcação: ou segue o G-20 que teima em revitalizar um moribundo - o modelo vigente do capitalismo globalizado - que provocou a atual crise mundial e que, a continuar, poderá levar a uma tragédia ecológica e humanitária ou então tenta um novo paradigma que coloca a Terra, a vida e a Humanidade no centro e a economia a seu serviço e então fará nascer um novo patamar de civilização que garantirá mais equidade e humanidade em todas as relações a começar pelas produtivas. Continua



Absurdo!


Na Espanha, um padre se nega a dar a primeira comunhão
a uma menina com Síndrome de Down


À direita, na página da matéria, tem também um vídeo sobre o assunto.




Está na rede!
Via O Globo; Estadão; Folha Online

- 86% dos crimes ambientais na Amazônia não têm punição
- Se não está escrito que não pode, então pode



Parada Gay-2009

Orientações para curtir a festa:


Cobertura da Parada






- Processo para a identificação dos corpos será longo